Farol deserto

Ela tirou os chinelos. Molhou os pés na areia com o mesmo cuidado com que segurou seu filho nos braços pela primeira vez. Respirou sozinha o ar da praia. Correu o horizonte com os olhos. Andou beira-mar a sorrir. Sentiu cheiro de algodão doce quando olhou as nuvens. Mergulhou. Encontrou a paz e foi embora sem os chinelos.

Advertisements

2 comments so far

  1. Vinícius Antunes on

    Lembrou-me um texto que escrevi no meu blog chamado MEIA-AREIA.

  2. Pacheco on

    um belo dia na praia…a calma qualquer alma


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: